ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

VIDÊOS DE EVENTOS

g2portaldenoticias.com 6.5.20 A+ A- Print Email

Mais da metade dos casos de Covid-19 em Guarabira, PB, são de funcionários da mesma empresa

1153
Guaraves, localizada em Guarabira, no Brejo paraibano, tem 2.300 funcionários — Foto: Divulgação

Dados da Secretaria de Saúde de Guarabira indicam que 17 dos 28 casos confirmados são de funcionários da Guaraves. Diretor diz que protocolos sanitários são seguidos desde março.

Mais da metade dos casos confirmados da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, na cidade de Guarabira, na região do Brejo paraibano, foram provenientes da empresa gêneros alimentícios Guaraves. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde de Guarabira, 17 dos 28 casos confirmados na cidade, cerca de 60% do total até a manhã desta quarta-feira (6), eram de pessoas que trabalham na empresa.
O diretor-executivo da Guaraves, Veronildo Coutinho, explicou que um plano de prevenção e combate ao vírus foi implementado pela empresa ainda no mês de março, quando o coronavírus ainda não havia atingido níveis elevados de contaminação comunitária. Ele rejeitou as informações que colocam a empresa como foco da doença, reforçando que a infecção dos colaboradores provavelmente aconteceu fora do expediente de trabalho.
“Temos 2.300 funcionários, a grande maioria deles moradores de Guarabira. E nesse período foram aplicados muito poucos testes na nossa região, houve um relaxamento na cidade. Nossos servidores só passam oito horas na empresa, que segue os protocolos de prevenção desde o início de março”, explicou.
Ainda de acordo com Veronildo Coutinho, todos os funcionários que apresentaram sintomas, por menores que fossem, foram afastados por recomendações médicas e só retornaram após o fim do período de quarentena, após serem considerados casos recuperados.
“Algumas informações colocavam 50 funcionários nossos como casos confirmados, quando a cidade só tem 28. Estamos sendo alvos de fake news, mesmo tendo adotado todas as precauções há 60 dias. Trabalhamos com exportações, temos a missão nessa guerra de alimentar nossa população, então nosso controle sanitário é extremamente rigoroso”, comentou o diretor executivo da Guaraves.
Além do plano de protocolos de prevenção ao vírus na empresa, a Guaraves instalou túneis de sanitização semelhante aos adotados pelas grandes empresas de gênero alimentício do Brasil. Em paralelo às medidas adotadas internamente, a empresa doou um dos túneis à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Guarabira, que tem promovido atendimento aos pacientes da Covid-19 e distribuiu aproximadamente 10 mil máscaras.
Recomendação de testagem
Após crescimento do número de casos em Guarabira e por se tratar de uma grande empresa de serviço essencial, a promotora Edvane Saraiva, responsável pela promotoria de Guarabira, recomendou que a Guaraves realize a testagem de todos os funcionários, independente de apresentarem sintomas, para que os positivados assintomáticos sejam afastados de suas funções.
“Não vejo como viável qualquer pedido de interdição da empresa, porque é uma empresa que dá emprego a muitas famílias, então a gente querendo evitar um caos pode acabar gerando outro. Vamos acompanhar o processo de testagem”, explicou a promotora.
Veronildo Coutinho, diretor executivo da Guaraves, explicou que todas as recomendações entregues pelo Ministério Público estão sendo cumpridas ou em vias de serem cumpridas, incluindo a testagem em massa dos funcionários.
“Estamos em contato com as autoridades de saúde, buscando uma parceria até para cumprir com as recomendações. Muitas das recomendações já estavam sendo cumpridas por nós há 60 dias”, relatou.
A Secretária de Saúde de Guarabira, Fernanda Macedo, afirmou que foi feito um contato da secretaria com a direção da Guaraves para que parte da carga de testes rápidos recebidos pela prefeitura da cidade seja destinada também para os funcionários da empresa de produção de carne avícola.
“Queremos ajudar nesse processo, vamos enviar testes para que sejam aplicados em funcionários que estejam com sintomas, mas precisamos seguir o protocolo de dias desses sintomas para que não dê um resultado falso positivo. Requisitei essa lista à empresa e estamos aguardando o envio para que comecem a ser aplicados os testes”, explicou a secretária de saúde.
Até a manhã desta quarta-feira, Guarabira tinha 28 casos confirmados da Covid-19, 80 casos descartados, 175 notificados e nenhuma morte pela doença causada pelo coronavírus.
G1
3
0 Comentários

Postar um comentário