ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

VIDÊOS DE EVENTOS

g2portaldenoticias.com 30.3.20 A+ A- Print Email

Secretário de Saúde da PB desaprova retorno gradativo das atividades em João Pessoa e Campina Grande e teme colapso


Preocupado com a possibilidade de retorno gradativo das atividades econômicas nas principais cidades da Paraíba, João Pessoa e Campina Grande, o secretário da Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, não viu com bons olhos a quebra das regras de isolamento social recomendas pela Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde.
O secretário Geraldo Medeiros disse ver com ceticismo um resultado positivo resultante desse possível descumprimento do isolamento social por ambas as prefeituras. Geraldo Medeiros se referiu a possibilidade de retorno da circulação de ônibus coletivos em João Pessoa e à reabertura do comércio em Campina Grande. “É uma tristeza, num momento como esse, no qual estamos tentando cuidar da vida dos paraibanos e preservar a vida dos paraibanos, as pessoas não obedeçam o que determina, não eu, mas os sanitaristas do mundo, os epidemiologistas”, ressaltou.
Geraldo Medeiros se colocou contra o retorno da circulação dos transportes coletivos e destacou que qualquer iniciativa que resulte em aglomeração trará riscos à população. “Qualquer aumento do contato entre as pessoas é maléfico e aumenta o número de casos e, consequentemente, aumenta o número de mortes. As pessoas precisam entender que nós estamos diante de um vírus que tem um alto poder de transmissibilidade e que mata”, argumentou o secretário.
Medeiros lembrou que o país ainda não atingiu o ponto mais crítico da contaminação e as medidas de isolamento social são fundamentais para evitar o colapso na saúde. “Nós ainda não atingimos o pico dessa curva exponencial, estamos procurando achatar essa curva para que não haja um colapso da rede estadual pública hospitalar e é fundamental nesse momento que nós tenhamos distanciamento social”, analisou Geraldo Medeiros.
Com a população em casa, o secretário declarou que estaremos evitando o aumento da circulação do vírus e, consequentemente, mais casos confirmados e mais mortes pelo Covid-19. “Estamos observando progressivamente o aumento no número de casos, de óbitos suspeitos, que precisam ser confirmados e é fundamental que neste momento nós tenhamos esse isolamento social”, reafirmou o secretário Geraldo Medeiros.

PB Agora

3
0 Comentários

Postar um comentário