Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

VIDÊOS DE EVENTOS

Justiça manda soltar Joesley Batista e executivos do grupo J&F

single-image


Uma habeas corpus assinado pelo ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ordenou a soltura do empresário Joesley Batista. Além de um dos donos da JBS, a decisão autoriza a soltura dos executivos do grupo J&F, Ricardo Saud, Florisvaldo Oliveira e Demilton Castro. O grupo foi detido na semana passada pela Polícia Federal durante a Operação Capitu. Joesley, por exemplo, foi preso na última sexta-feira (9) junto ao vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (MDB).
Nefi atendeu ao pedido da defesa do grupo. Um inquérito policial foi instaurado em maio deste ano com base nas declarações do corretor Lúcio Bolonha Funaro sobre um suposto esquema que atuava na Câmara dos Deputados e no Ministério da Agricultura.
Em depoimento, o delator falou sobre supostos pagamentos de propina a servidores públicos e agentes políticos. Os beneficiários atuavam de forma direta ou indireta entre os anos de 2014 e 2015. A JBS teria repassado cerca de R$ 7 milhões para o grupo político do MDB da Câmara que fazia parte de um extenso esquema de repasse ilícito cujo operador era Lúcio Bolonha Funaro.

G2 ROSINALDO SILVA
3
0 Comentários

Postar um comentário