Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Padre foi assassinado em Borborema

 agora pela amanhã


Chega à nossa redação a informação de que um padre da paróquia de Nossa Senhora do Carmo, de Borborema-PB, por nome de Pedro Gomes foi encontrado amarrado e morto dentro da casa paroquial, onde residia, na manhã desta quinta-feira (24). Ainda segundo detalhes ele teria sido esfaqueado. A informação foi confirmada por um secretário do padre.
De acordo com informações repassadas pelo Capitão J. Ferreira, da CIA da PM da cidade de Solânea, a secretária do Padre informou que ao chegar na residência, para trabalhar, por volta das 08:00h da manhã, encontrou a porta fechada, mas sem ser na chave. Ainda segundo ela, o corpo do Padre estava enrolado num lençol e a casa estava revirada. Ela de imediato ligou para a Polícia Militar que foi ao local e constatou o fato, porém ficou aguardando a chegada da perícia para que desenrolasse o corpo e confirmasse se realmente era o Padre Pedro Gomes.
De acordo com o Capitão J. Ferreira, a casa apresentava sinais de que teria acontecido uma luta corporal em seu interior e que não havia sinais de arrombamento. Como o carro do Padre, um Fiat Strada, foi levado e a porta estava fechada, a polícia acredita que o assassino poderia ter acesso livre à residência.
Uma das hipóteses é que o religioso tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), mas todo o dinheiro do ofertório e do dízimo estava no quarto do Padre. Mas alguns objetos pessoais que estavam no carro também foram levados.
A perícia já está no local e vários padres da diocese de Guarabira se deslocaram para Borborema para acompanhar o caso de perto.
Outras informações ainda dão conta de que no interior da residência, foram encontradas latas de cerveja, copos e duas cadeiras, num ambiente o qual indica que houve uma comemoração. O corpo do Padre estava sem roupas, enrolado apenas pelos lenções.
Um rapaz que trabalha na secretaria da igreja, residente em Arara e que estava sendo procurado pela polícia já foi localizado e poderá ajudar no esclarecimento do crime.
Perguntado sobre esses detalhes, o Padre Bosco, que teve acesso ao local do crime, preferiu deixar que a perícia se pronunciasse.
O Padre Pedro tinha 50 anos e era irmão do professor Luizinho da cidade de Guarabira. A informação de seu assassinato vem chocando a sociedade da região e chamando a atenção da imprensa de todo o Estado.
 G2

3
0 Comentários

Postar um comentário