Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

MP vai apurar suposto envolvimento de filho de deputado em homicídio

MP vai apurar suposto envolvimento de filho de deputado em homicídio
 MP instaura procedimento para apurar suposto envolvimento de filho de deputado da PB em homicídio 

O Ministério Público da Paraíba deve analisar, nos próximos dias, a ‘notícia de fato’, contra o ex-prefeito do município de Esperança, Anderson Monteiro (PSC), filho do deputado estadual Arnaldo Monteiro (PSC), sobre o suposto envolvimento do político no atropelamento e morte de um agricultor, ocorrido no ano de 2010.

Documento obtido pela reportagem do PB Agora mostra que o procedimento foi instaurado pelo Ministério Público para apurar as denúncias consistentes no fato de que o ex-prefeito de Esperança teria, supostamente, cometido crimes de homicídio culposo (sem intenção de matar) e lesão corporal culposa enquanto conduzia um veículo automotor.

O procedimento foi instaurado ainda na semana passada e tem sua conclusão prevista para outubro desse ano.

O crime aconteceu em outubro de 2010 e, uma das únicas movimentações dadas ao processo havia sido feita pelo juiz da comarca de Alagoa Nova, Eronildo José Pereira, em 2013, que reconheceu, por sentença judicial, a culpa exclusiva do ex-prefeito de Esperança, Anderson Monteiro, e ainda julgou improcedente a denúncia que tentava incriminar o condutor da moto, Josevan Enedino Lúcio, como causador do acidente, que vitimou a própria esposa, Adjailma Fernandes do Nascimento, nas imediações da BR 230, próximo ao sítio Riacho Fundo, no município de Esperança.

Conforme os autos, o marido da vítima fatal estava em uma moto, com a esposa, quando foi atingido bruscamente pelo carro dirigido pelo filho do deputado, que trafegava em alta velocidade.

G2
3
0 Comentários

Postar um comentário