Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Berg Lima pediu R$ 5 mil de propina a cada R$ 15 mil liberados, diz polícia

COMENTÁRIOS:
05/07/2017 às 17h43 atualizado em 05/07/2017 às 18h08
A- A+
O delegado de Defraudações de João Pessoa, Lucas Sá, revelou na tarde desta quarta-feira (5), detalhes da operação que prendeu o prefeito de Bayeux Berg Lima (Podemos), por extorsão e revelou números cobrados pelo gestor a um empresário fornecedor de alimento a Rede de Saúde Municipal.
De acordo com Lucas Sá, o empresário denunciou que Berg Lima exigiu R$ 5 mil para poder liberar cada valor de R$ 15 mil que seria parte de uma dívida da gestão passada de R$ 77 mil com o empresário.
Como viu que a proposta iria inviabilizar seu negócio o empresário resolveu denunciar o gestor porque já conta com R$ 100 mil reais empenhados com o governo municipal e se fosse pagar a propina não conseguiria manter o negócio.
“Ele avaliou que pagando entre R$ 5 mil reais a cada R$ 15 mil ele não teria mais como operar e além de ser uma conduta extremamente grave”, destacou.
O delegado disse que Berg Lima deve responder por corrupção  passiva, peculato,  extorsão e crimes referentes a administração pública. A Polícia também vai pedir o afastamento do prefeito cargo.
Veja vídeo
Roberto Targino – MaisPB
3
0 Comentários

Postar um comentário