Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Homem mata amante depois dela se recusar a fazer aborto




Um homem de 22 anos foi preso na noite de quarta-feira (7) por suspeita de ter assassinado a balconista Elisânia da Conceição Leal, de 40 anos, em Santa Isabel. À polícia ele contou que a mulher era sua amante e estava grávida, mas se recusava a abortar.

O suspeito ainda disse que temia pelo fim do casamento e que a esposa também estava grávida. Depois de contar histórias desconexas, ele disse que pretendia fugir após o crime, mas o carro encalhou. A mulher foi assassinada com golpes de martelo e tinha um corte profundo no pescoço.

Este é o segundo feminicídio registra no Alto Tietê em menos de 24 horas. O último caso foi na noite de terça-feira (6), em Suzano. A vítima era uma mulher de 21 anos que foi morta pelo ex-marido, um montador de 31 anos, que não se conformava com o fim do relacionamento.

No caso de Santa Isabel, o suspeito, de 22 anos, acionou a Polícia Militar por volta das 20h30 e informou que havia uma vítima de homicídio na Avenida Brasil, em Santa Isabel. De acordo com o boletim de ocorrência, ao chegarem ao endereço os policiais encontraram o suspeito ofegante e falando coisas sem sentido.

G2.




3
0 Comentários

Postar um comentário