Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

PRF flagra criança de 12 anos dirigindo

 carro de prefeitura no Sertão da PB

Responsável pelo veículo e responderá processo

Créditos: PRF F. Gomes
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na noite de hoje duas ocorrências, no mínimo, inusitadas. A primeira foi uma criança de 12 anos de idade dirigindo um carro de uma prefeitura; a outra, um adolescente de 15 anos pilotando uma motocicleta, levando uma criança de 11 anos na garupa. Os fatos foram registrados nas cidades de Patos e Pombal, localizadas no Sertão da Paraíba. Os dois flagrantes foram resultados de mais uma edição da Operação Duas Rodas.
Os dois casos envolvendo um adolescente e duas crianças aconteceram na BR-230. O primeiro deles foi registrado durante uma ronda em Patos. Os agentes da PRF abordaram um Fiat Uno da Prefeitura da Areia de Baraúnas, que pertence a microrregião de Patos. Para surpresa dos policiais, o motorista era uma criança de 12 anos. O adulto que estava com ela é motorista da prefeitura e, segundo o mesmo, padrinho do garoto. O homem alegou que estava apenas ensinando a criança a dirigir.
Os agentes da PRF deram voz de prisão ao funcionário pelo crime de trânsito de Permitir, Confiar ou Entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada. A pena para este crime é de seis meses a um ano de detenção. O valor da multa para esta infração é de R$ 880,41.
O homem foi enquadrado também no crime de peculato. Por este crime, caso seja condenado, poderá ser punido com uma pena que varia entre dois anos a 12 anos de reclusão, além de multa.
O outro caso aconteceu no perímetro urbano da cidade de Pombal. Uma equipe avistou duas pessoas em uma motocicleta sem que nenhuma delas estivesse usando capacete. Ao abordarem o veículo constataram que o condutor era um adolescente de 15 anos de idade e a passageira era uma menina de apenas 11 anos. O garoto informou aos policiais o nome do homem que entregou a moto para ele.
Disse também que o proprietário havia viajado para João Pessoa e que, durante ausência do mesmo, o veículo ficaria consigo. A moto foi recolhida para o posto da PRF e o Conselho Tutelar da cidade foi acionado para acolher o adolescente e a criança. Em seguida as famílias dos mesmos foram contatadas e informadas sobre o fato. O proprietário da motocicleta será identificado para responder pelo crime de trânsito.
Da Redação
3
0 Comentários

Postar um comentário