Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Estudantes são apreendidas na PB suspeitas de ameaçar torcedoras de clube rival


Central de Polícia Civil de Campina Grande
De acordo com informações repassadas para a polícia, as adolescentes apreendidas são ligadas à torcida organizada do Campinense e estavam perseguindo outras alunas que usavam a camisa do Treze

A Polícia Civil, por meio da Delegacia da Infância e Juventude de Campina Grande, apreendeu em flagrante, na manhã dessa segunda-feira (24), duas adolescentes de 16 e 17 anos suspeitas das de ameaça e constrangimento ilegal cometidos contra alunas de colégio estadual, torcedoras de clube de futebol rival.

Leia mais Notícias no PortalG2
De acordo com informações repassadas para a polícia, as adolescentes apreendidas são ligadas à torcida organizada do Campinense Clube e estavam perseguindo outras alunas que usavam a camisa do Treze Futebol Clube.

“As vítimas comemoravam a classificação do time, cantando o hino do Treze, e isto irritou as agressoras, que foram até o encontro delas para ‘tomar a beca’. Tomar a beca consiste em uma prática de forçar o torcedor do time adversário a entregar a camisa e em caso de negativa retira-se a camisa a força com agressões físicas”, disse a delegada Nercilia Dantas.

A tentativa de conflito foi registrada no interior do Colégio Estadual da Prata. As adolescentes foram apreendidas, autuadas em flagrante pelo ato infracional e, em seguida, foram entregues aos responsáveis legais, que foram alertados da possível responsabilidade deles com relação aos atos praticados pelas filhas. 
A polícia tomou conhecimento do caso durante o trabalho de monitoramento de violência no interior das escolas na cidade, que tem como objetivo identificar os adolescentes que praticam atos infracionais e assim reduzir os índices de violência nas escolas.

G2 RONALDO SILVA
3
0 Comentários

Postar um comentário