Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video


O líder da oposição na Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Galego do Leite (PTN), em entrevista a rádio Campina FM, disse acreditar que as delações da Odebrecht podem afetar o cenário político da Paraíba. Para ele, o nome do senador Cássio Cunha Lima, citado na lista do ministro Edson Fachin, pode ficar comprometido.
“O que mais me estranha é porque tem alguns políticos que, quando era para falar do PT, diziam que era caixa 2. Quando são os políticos de outros partidos dizem que as doações eram legais, que era permitido. Cabe a população ficar de olho. Cabe a cada um fazer seu juízo de valor, os políticos estão no poder graças a população. Por mais que os pré-candidatos estejam com argumento, quem tem poder de definir é a população em geral”, disse.
O vereador enxerga com preocupação o fato de não haver nomes que tenham alicerce e não tenha respingo das delações da Odebrecht para concorrer as eleições do próximo ano.
“O dono da Odebrecht fala explicitamente que isso acontecia há 30 anos. As principais lideranças do país estão atoladas até a alma. Se olharmos um exemplo bem próximo, os Estados Unidos, que elegeu nessa onda de criações de fatos o presidente Donald Trump. Muitos dizem que estamos na iminência de uma terceira guerra mundial, as atitudes dele (Trump) dispensa comentários. Tenho medo que, por carência de nomes, possa surgir alguém não gestor, mas um ator para posar como salvador da pátria”, declarou.

Paraíba Já

3
0 Comentários

Postar um comentário