Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Justiça Trabalhista manda Hotel Tambaú 

ser leiloado

hotel_tambau

O Hotel Tambaú, um dos principais cartões postais de João Pessoa, vai a leilão a partir do primeiro dia útil do mês de abril. O imóvel estará disponibilizado no sítio eletrônico www.leiloespb.com.br a espera de quem possa pagar o valor R$ 104,5 milhões. O valor servirá para o pagamento de dívidas trabalhistas de acordo com o processo nº 01068.00-11.2007.5.13.0005.
A Justiça do Trabalho decidiu favoravelmente a um ex-funcionário da Varig, que exercia até 2006 o cargo de gerente da empresa, em João Pessoa, e moveu a ação trabalhista em 2007. De acordo com a defesa do reclamante, o advogado José Mário Porto, o Hotel Tambaú integrava o mesmo grupo econômico da Varig e por isso foi incluída na reclamação como um dos responsáveis pelo débito. Essa dívida trabalhista decorre das verbas rescisórias e valores referentes à previdência privada da Varig, que ao longo dos anos foram descontados do funcionário.
Avaliação do imóvel – Em novembro do ano passado, a Justiça federal havia suspenso um outro leilão do hotel Tambaú, relativo a outro processo. O imóvel, à época, estava avaliado em R$ 212 milhões e iria a leilão para pagar dívida de de R$ 164 mil, que foi quitada.
O imóvel pertence a Companhia Tropical de Hotéis e está instalado numa área construída de 18.009,05 m² na praia de Tambaú.
Leilão – O edital da hasta pública foi disponibilizado no Diário Eletrônico do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) nesta quarta (7). Para atuar, foi nomeado o leiloeiro oficial Cleber Melo.
O leilão será realizado exclusivamente de forma eletrônica. Os licitantes que desejarem participar do leilão deverão aderir às regras do Sistema de leilão Eletrônico, divulgadas no site do TRT (www.trt13.jus.br) e publicadas no Diário Eletrônico por meio de Ato da Presidência.
O Hotel Tambaú foi inaugurado em 1971 e dispõe de 173 apartamentos, com vista para o mar e para os jardins internos. O bem foi penhorado pela Justiça do Trabalho para o pagamento de dívidas trabalhistas.
ClickPB
  • Comentar
3
0 Comentários

Postar um comentário