Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

'Foi descarado', diz mulher sobre proposta de falso agente de modelos

Jovem ofereceu contrato de R$ 15 mil em troca de 'teste do sofá'.
Encontro marcado em Salto de Pirapora foi acompanhado pela polícia.


Mayara CorrêaDo G1 Sorocaba e Jundiaí
Em mensagens enviadas pela internet o jovem ofereceu dinheiro a mulher  (Foto: Arquivo pessoal)Em mensagens enviadas pela internet o jovem ofereceu dinheiro a mulher (Foto: Arquivo pessoal)
A moradora de Salto de Pirapora (SP) que procurou a polícia após receber a oferta de emprego como modelo em troca de relações sexuais, afirma que respondeu às investidas do falso agente para alertar jovens que sonham em fazer carreira na profissão. Para a vítima, logo nas primeiras mensagens enviadas em uma rede social, o jovem demonstrou que não era do ramo de modelos.

"Fiz trabalhos como modelo até os 15 anos, comecei muito nova. Só pelo jeito que ele escrevia eu tive certeza que estava mentindo. Depois de um tempo ele foi direto ao ponto, bem descarado e falou do teste do sofá", afirma. O G1 teve acesso às mensagens enviadas pelo jovem de 24 anos, preso na quinta-feira (2) por tentativa de estupro mediante fraude. De acordo com a Polícia Civil, ele foi liberado no dia seguinte durante a audiência de custódia.

As conversas que começaram em uma rede social continuaram em um aplicativo de mensagens. Enquanto respondia o suspeito, a mulher acionou a polícia e entrou em contato com a agência em que ele dizia trabalhar, confirmando que o dono não conhecia o falso agente. "Conheço meninas que sonham em ser modelos e temo que acreditem nessas pessoas. Eu trabalhei com isso e sei que não é assim, mas tenho certeza que muita gente cairia", afirma.
A liberdade do suspeito, para a vítima, é uma preocupação. Em contrapartida, a mulher diz estar aliviada porque a polícia agiu rapidamente, já que a troca de mensagens ocorreu no mesmo dia em que o jovem foi detido.

Durante as investidas contra a vítima, o suspeito escreveu que trabalhava em uma agência de modelos da capital e ela não teria que arcar com book ou inscrições em processos seletivos. Além disso, questiona se a ex-modelo é ambiciosa e faria de tudo para conseguir um trabalho como figurante, assistente de palco e atriz, cujos salários variam de R$ 2 mil a R$ 15 mil.

Ainda nas conversas, o jovem afirma que gostou do perfil dela e pergunta se a vítima sairia com alguém para conseguir a vaga. "Modelo não é prostituta, ao meu ver. Pelo menos, sempre fiz propagandas e nunca precisei disso", alega a vítima. "Não, não, acho que você está sendo radical. Não é mesmo. A questão é a vaga e o dinheiro. As vagas são para TV e o famoso teste do sofá existe... Infelizmente", afirma o falso agente de modelos.

As primeiras mensagens, segundo a vítima, começaram logo após ela aceitar o convite de amizade do jovem no Facebook. "Vi que tínhamos amigos em comum, ele era noivo, então achei que não tivesse problema algum." A vítima conta que no perfil da rede social o suspeito não postava nada sobre o suposto emprego de agente de modelos.

Depois do episódio, a mulher conta que bloqueou a página do jovem e o número dele no celular. "Não sei de nada sobre o que aconteceu depois. Só espero que ninguém caia em casos assim", desabafa.
Falso agente de modelos diz que a vaga era da vítima  (Foto: Arquivo pessoal)Falso agente de modelos diz que a vaga era da vítima (Foto: Arquivo pessoal)
Investigação
O caso foi registrado na delegacia de Salto de Pirapora, cidade onde a vítima havia marcado um encontro com o suposto agente de modelos. Na hora marcada, ela estava na delegacia e afirma que recebeu uma ligação do suspeito antes de seguir para a praça onde ele a aguardava.
Segundo o delegado responsável pelo caso, Gilberto Montenegro Costa Filho, o jovem foi detido em flagrante e os investigadores encontraram as mensagens relatadas pela vítima no celular dele. A perícia está com o aparelho e um laudo sobre todo o conteúdo deve ser concluído em, no mínimo, 15 dias, explica o delegado.

"Ele é universitário e contou que trabalha no ramo de informática. Sobre a acusação, não quis falar no interrogatório, apenas sob custódia. A perícia do aparelho vai ajudar a encontrarmos outras possíveis vítimas." A fiança de R$ 3 mil estipulada pelo delegado corresponde a três vezes o salário informado pelo jovem, que não pagou o valor. Gilberto explica que o suspeito foi solto na audiência de custódia realizada em Sorocaba (SP), cidade onde o falso agente reside. O caso segue sendo investigado. 
Falso agente de modelos foi preso em Salto de Pirapora  (Foto: Polícia Civil/Divulgação)Falso agente de modelos chegou a ser preso em Salto de Pirapora (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
tópicos:
3
0 Comentários

Postar um comentário