Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Bruno é apresentado no Boa Esporte, se recusa a falar sobre prisão e diz: ‘Se eu falhar, vão cobrar’


Nem mesmo a perda de cinco patrocinadores fez o Boa Esporte desistir de contratar o goleiro Bruno. Na manhã desta terça-feira, o jogador foi apresentado oficialmente pelo time mineiro e voltará a jogar quase seis anos após ter sido preso, condenado em primeira instância pela morte de Eliza Samudio, sua ex-amante. O contrato é de dois anos e foi assinado na segunda-feira.

Antes de começar a entrevista, a assessoria de imprensa do clube informou que encerraria a coletiva caso fosse levantada alguma questão fora do futebol. Logo a primeira pergunta foi por que ele "merecia uma nova chance”. Bruno foi rápido:
“Eu não vou te responder”, disse.
Depois do mal-estar, o arqueiro afirmou que sabe o quanto será cobrado por resultados em campo.
“A responsabilidade vai ser grande. Se o Bruno falhar, vão cobrar. Se for bem, vão cobrar tão bem. A primeira coisa a fazer é me preparar para jogar. Deus vai guiar meus passos. Enfim, tenho de acreditar em mim mesmo”, disse o jogador, que não escondeu a felicidade por ter recebido uma nova chance.
“Estou muito feliz pela oportunidade dada. Eu venho me preparando há alguns anos. As pessoas correm de mim pelo que aconteceu no passado. O Boa está abrindo as portas. Estou muito feliz, motivado. Agradeço a vocês por estar aqui. Deus está abrindo as portas para a gente. Tenho certeza que é Deus”, afirmou.

3
0 Comentários

Postar um comentário