Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Eduardo Cunha chama deputados Manoel Júnior e Aguinaldo Ribeiro de ‘hipócritas e covardes’
1474484656115-cunha
O ex-deputado Eduardo Cunha disse, durante entrevista a uma emissora de rádio da Capital, nesta quarta-feira (21) que os deputados paraibanos Manoel Júnior, Efraim Filho e Aguinaldo Ribeiro de “covardes e hipócritas’ pelo fato deles terem votado a favor da sua cassação,” principalmente o Manoel Júnior que era muito ligado a mim que sempre me apoiou, que era do meu partido, mas preferiu jogar por terra tudo o que ele disse a meu respeito na minha defesa na Comissão de Ética” completou.
Sobre a posição de Aguinaldo Ribeiro, o ex-deputado disse que na madrugada anterior a cassação, os dois passaram um bom tempo fazendo conta dos votos e depois votou contra. Com relação a Efraim Filho, ele disse que o deputado também foi privilegiado na sua gestão e também votou a favor da cassação. “O comportamento e atuação desses deputados paraibanos mostraram realmente o que é hipocrisia e serve para que o povo do Estado deles possa conhecê-los e saber avaliá-los na hora do voto”, disse o parlamentar.
Sobre a sua cassação, Eduardo Cunha disse que convive com a política vive em constantes embates e com essas indas e vindas. Ele disse não ter dúvidas de que processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi pivô da sua cassação. “Se eu tivesse ficado quieto no meu lugar nada disse teria acontecido, mas não vão conseguir me impor porque o tempo vai acabar revertendo isso tudo”, completou.
Eduardo Cunha destacou a coerência dos deputados Wellington Roberto e Hugo Mota “que tiveram um comportamento que merecem o meu aplauso e o meu reconhecimento”, destacou.
Redação
3
0 Comentários

Postar um comentário