Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Senado começa nesta quinta a julgar Dilma por crime de responsabilidade

O Senado inicia às 9 horas desta quinta-feira (25), pela segunda vez na história, o julgamento de um presidente da República. Será aberto o julgamento por crime de responsabilidade da presidente afastada Dilma Rousseff, pouco mais de quatro meses depois de o processo de impeachment chegar à Casa.

Os senadores atuarão como juízes e, ao final, decidirão se ela cometeu ou não crime de responsabilidade pela edição de decretos de crédito suplementar sem autorização do Congresso e por atrasos de repasses do Plano Safra ao Banco do Brasil.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, presidirá a sessão e terá a seu lado o presidente do Senado, Renan Calheiros. A sessão de julgamento terá início pela arguição de oito testemunhas, sendo duas da acusação e seis da defesa.

Cada testemunha será ouvida separadamente, em depoimentos que continuarão na sexta-feira (26), podendo avançar pelo sábado e domingo, se necessário, de forma a estarem concluídos no fim de semana. Senadores inscritos junto à Secretaria-Geral da Mesa a partir de 24 horas antes do início da sessão, terão o tempo de seis minutos para fazer perguntas, seguidas de seis minutos para que a testemunha responda.
3
0 Comentários

Postar um comentário