Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video


Quadrilha que viajava Nordeste aplicando golpes é presa na Grande JP


Foto: Foram encontrados vários documentos e cartões falsos com a quadrilha Créditos: Divulgação/PRF-PB

Dois casais foram presos, na noite dessa segunda-feira (2), suspeitos de estelionato, na BR-101, em Alhandra, na Grande João Pessoa. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o grupo viajava em uma Mercedes Benz com destino à Fortaleza. Eles vinham da Bahia e carregavam objetos roubados, RGs e cartões de crédito falsos e material para mais falsificações de documentos.
De acordo com a PRF, após abordagem de policiais, o condutor do veículo apresentou Carteira de Habilitação Nacional (CNH) falsa, o que foi constatado em consulta ao sistema policial. Com o motorista, foram encontrados ainda RG falso do estado do Piauí, com foto igual a da CNH, porém nome diferente.
Ele também estava de posse que quatro espelhos em branco de RG, que seria usado para mais falsificações, além de roupas e calçados. Ele confessou que teria comprado os itens com cartões de crédito falsos.
Em revista ao veículo, agentes da PRF encontraram um notebook com vários arquivos de formulários em branco, que também seriam usados para falsificações. Os outros três passageiros, entre eles duas mulheres, também possuíam documentos falsos. Impressos, haviam comprovantes de renda e residência em diversos estados e declarações de Imposto de Renda. Tudo falso, segundo a polícia. Ao todo 22 documentos inautênticos foram apreendidos.
Ainda conforme a PRF, o bando saiu da Bahia e aplicou golpes por onde passou, comprando sempre artigos de luxo com os cartões falsos. A última investida ocorreu em um shopping na capital pernambucana. Um dos integrantes da quadrilha confessou que até o carro usado por eles havia sido adquirido por meio de um golpe. Para a compra do veículo, eles realizaram financiamento usando nomes falsos.
Os dois homens e uma das mulheres presos tinham passagem pela polícia por suspeita de estelionato. Um deles inclusive já havia sido condenado e cumprido pena de prisão na Bahia.
A quadrilha e os materiais apreendidos foram encaminhados para a Polícia Civil de Alhandra, onde foram autuados por estelionato, formação de quadrilha e falsificação de documentos.
Da Redação 
3
0 Comentários

Postar um comentário