Seguidores

ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video

Ex-cunhado é suspeito de matar adolescente dentro de casa na PB

Ele foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (22).
Menina foi morta a tiros na própria cama e corpo foi achado pela mãe.


O homem que foi encontrado na manhã desta quinta-feira (22) em João Pessoa é o principal suspeito de ter matado uma adolescente de 14 anos na quarta-feira (21). Ela foi encontrada morta pela própria mãe, dentro de casa, no bairro do Colinas do Sul, também em João Pessoa.

O rapaz, que foi encontrado morto próximo ao bairro do Grotão, era ex-namorado da irmã mais velha da vítima. A delegada responsável pelo caso, Maria das Dores Coutinho, ouviu várias testemunhas durante a tarde desta quinta-feira e investiga a relação entre os dois crimes.
Adolescente foi assassinada dentro de casa no bairro Colinas do Sul (Foto: Walter Paparazzo/G1)Adolescente foi assassinada dentro de casa no
Colinas do Sul (Foto: Walter Paparazzo/G1)
"Ele teria namorado com a irmã da vítima e a família não aceitava o relacionamento, tendo em vista a vida errada que ele tinha, além de ter compromisso com outra pessoa. E me aparece que ele não aceitou a separação e, na tarde de ontem, cometeu o crime, matando a ex-cunhada com o objetivo de atingir a ex-namorada e toda a família", esclareceu a delegada.

A polícia acredita que mais de uma pessoa participou da morte do rapaz. "Tudo indica que ele foi vítima de um espancamento, que resultou na morte, tendo sido levado posteriormente para outro local", explicou Maria das DoresO períto criminal Aldenir Lins informou que o corpo do jovem apresentava sinais de tortura e pelo menos 25 perfurações. "Só no toráx ele sofreu treze perfurações", disse.

O corpo da garota foi encontrado pela mãe. Uma médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que esteve na ocorrência, informou que a garota teria sido baleada pelo menos três vezes e apresentava também um afundamento de crânio. Segundo ela, a adolescente foi encontrada na cama, coberta e ela pode ter sido assassinada no momento em que ainda estava dormindo.

Ao relembrar do assassinato da filha, a mãe da vítima, Aldenora Oliveira, disse que clama por justiça. "Jesus vai mostrar quem foi, eu creio", frisou. Uma amiga da vítima, que preferiu não se identificar, relatou à TV Cabo Branco que a adolescente morta era meiga, calada e não fazia confusões.

A mãe da garota relatou ainda que tinha ido trabalhar pela manhã e deixando a filha em casa. Instantes depois do corpo ter sido encontrado, a Polícia Militar informou que jovem aparentava estar morta há algumas horas e o trabalho da perícia estava sendo aguardado para mais informações na investigação
.
3
0 Comentários

Postar um comentário